Home Page Home    Facebook Facebook   
Dr. André Jorge - Ortopedista

Notícias

<< Mais notícias

Portal Meus 5 Minutos - Globo.com

Sapatos - Muito mais que estilo
Quem cuida da própria saúde, não raro, se esquece de uma parte importante do corpo: os pés. Um dos primeiros passos para garantir o bem-estar deles está na escolha do calçado certo, que auxilie em uma boa postura. Aberto, fechado, com salto, com bico. Qual modelo é o ideal?

Antes de pensar em moda, tendência e estilo, tenha em mente que calçados confortáveis são essenciais para o dia a dia. Na hora da compra, sempre leve em consideração o tamanho dos saltos, a numeração (nada de achar que com o tempo o modelo vai lacear) e a qualidade de fabricação, como o tipo de costuras internas (que podem vir a machucar seus pés).

Solados macios e com saltos de 2 a 3 cm tendem a ser os mais confortáveis. Quanto aos materiais de fabricação, hoje, eles são encontrados em diversas versões, desde reciclados até de borracha e com sistemas de amortecimentos de alta tecnologia.

Abertos ou fechadosSapatos abertos proporcionam uma vulnerabilidade maior aos pés, expondo-os a acidentes e favorecendo o ressecamento da pele. Por outro lado, mantêm os pés mais ventilados e secos.

Modelos fechados, muitas vezes, são o meio de cultura para fungos e bactérias, principalmente em pés já machucados podendo agravar as lesões, caso não sejam identificadas precocemente. Em contrapartida, garantem maior proteção. O ideal é não repetir o mesmo tipo de calçado nem o mesmo par por dias consecutivos.

Alerta: saltos e bicosSaltos altos aumentam a pressão nas regiões de apoio dos pés, causando dores e lesões. No lugar deles, prefira saltos médios, de 2 a 3 cm, de base alargada e, de preferência, plataforma. E, se usar os altos, uma boa dica é, nos dias seguintes, optar por saltos baixos. A moda tem favorecido o conforto e é cada vez mais comum ver executivas com sapatilhas e botas rasteiras.

Sapatos que apertam as laterais dos pés também causam danos à saúde, como desenvolvimento de joanetes, dores nas articulações e aparecimento de calosidades. Mas há muitas modelagens, e é possível achar até sapatos de bico fino que respeitam a largura dos dedos. É fundamental não ter preguiça na hora de experimentar e comprar.

Numeração menor ou maior do que o tamanho do pé?Não é indicado comprar um calçado de tamanho diferente, mesmo que o modelo tenha sido amor à primeira vista! Deixar o sapato guardado em seu armário terá o mesmo efeito de vê-lo exposto na vitrine. Números maiores podem intensificar os tropeços, enquanto os menores provocarão dores, deformidades nos dedos e calosidades.

Por fim, antes de escolher o sapato que usará no dia, tente prever quanto sua rotina terá de caminhada. Se for imprescindível usar salto, acostume-se a levar uma sapatilha na bolsa ou deixar um tênis no escritório.

Fonte consultada: André Jorge, ortopedista dos Hospitais Beneficência Portuguesa e Santa Virgínia, especialista em pé e tornozelo.



http://meus5minutos.globo.com/muito-mais-que-estilo/

Av. Brigadeiro Luís Antônio, 3.333 • Jardim Paulista • São Paulo
TEL. (11) 3885-7082